sábado, 3 de outubro de 2009

expectativas.

no fim das contas, é isso que pega. é esse negócio que fode com tudo. podem falar o que quiser: se prefere homem, mulher, gosta dos altos, dos baixos, dos ruivos ou morenos, dos magros, dos nerds, dos carecas... principal qualidade é bom humor, inteligência, sinceridade. quer grude, quer saiba dar espaço... falem o que quiser! o melhor relacionamento, na verdade, é aquele sem expectativas.

os melhores romances - ou melhores períodos dos melhores romances (e piores também) - foram aqueles em que não se espera nada.


e que o que venha seja lucro. e que cada ato seja uma surpresa (das boas!).

4 comentários:

Rayssa. disse...

chego a essa conclusao toda vez que saio da terapia. Talvez nao precisasse dela se nao criasse tantas expectativas, porque ai nao haveria desejo nao realizado nem frustracao.
Talvez nossa profissao nao existisse se nao houvesse expectativas.

Fernando disse...

às vezes eu penso.
não ligaria de ser um eterno desempregado se meu trabalho não precisasse mais ser feito.
quem dera...

Bel Keppler disse...

acho que enquanto existir duas pessoas tentando se entender, comunicar, trocar algo, existirá a psicologia.

a gente que foca nas expectativas, também, hehe.

Kinna disse...

E o que acontece com aquela frase 'A expectativa faz parte do prazer'?

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...